7 CONDIÇÕES PARA MEDITAR BEM 
7 CONDIÇÕES PARA MEDITAR BEM
8th September 2017
SAÚDE PELA NATUREZA
GESUND DURCH DIE NATUR
20th September 2017
4 DICAS PARA MEDITAR

 

4 DICAS PARA MEDITAR

 

Escrevemos três artigos complementares sobre o tema “meditação”. No primeiro tema abordamos as dificuldades que nos atormentam como iniciante, quando decidimos que iremos passar a meditar. No segundo sobre as condições para meditar. E neste último post, iremos abordar as 4 DICAS PARA MEDITAR.

 

Tanto se ouve falar em meditação.

Mas por que meditar?

Existem inúmeras razões:

Melhora a concentração e a criatividade, pois a meditação treina focar.

Tranquiliza e reduz o estresse, pois a mente se treina em sintonizar com um sentimento de tranquilidade.

Transforma para melhor o nosso cérebro, pois a meditação cria uma alta ativação no cérebro. Com pessoas acostumadas a meditar regularmente e profundamente, se constatou cientificamente, que o cérebro muda. Ocorre uma superatividade no córtex frontal esquerdo, a área que registra emoções positivas. Isto significa que podemos treinar a nossa mente, sensibilizar e moldar os circuitos cerebrais para obtermos grande sensação de bem estar. E isto sempre que desejarmos em nossas atividades ao longo do dia.

Melhora o humor, pois a meditação amplia nosso entendimento de tolerância e bons sentimentos.

Melhora os sintomas da dor, pois com o meditar se aprende a relaxar o corpo. Em estágios mais avançados da meditação, com a sintonia com o Divino, obtemos considerável alívio.

Melhora o sono combatendo a insônia, pois a meditação harmoniza as ondas mentais. A insônia somente se instalará se a nossa mente estiver muito envolvida com um fato que nos deixa ativo e alerta. Algo que tenhamos dificuldades em soltar. Remoer demais um tema somente traz esgotamento.

A pessoa fica mais atenta, pois a meditação nos sensibiliza ampliando a nossa percepção material e espiritual.

 

É importante saber que existem inúmeras técnicas para meditar. Cada escola espiritual ensina o seu caminho concernente e outras são uma autodescoberta da pessoa que medita e procura. Uma técnica não funciona para todas as pessoas, uma vez que cada Ser tem diferentes necessidades, experiências e ansiedades.

Aqui desejo compartilhar a minha maneira de fazê-lo, explicar o que comigo deu e continua dando certo.

Eu, pessoalmente pratico os ensinamentos do mestre indiano Paramahansa Yogananda, fundador da Instituição Sel Realization Fellowship (SRF). Entretanto, cada qual encontrará o caminho que mais se adaptar se não for a técnica definitiva, mas esta servirá para um determinado período. Com a maturidade e entendimento da meditação, é bem possível que se descobrirá outro caminho que leve ao progresso espiritual.

Mas por hora, é importante iniciar de alguma maneira.

 

4  DICAS PARA MEDITAR

1-Quanto ao sentar-se – Neste sentido não vou me ater muito. Segue três vídeos que explicam as possibilidades de forma bem clara.

Mas, se nenhumas destas posições não são propicias para você, então medite sentado numa cadeira de forma ereta. Observe sempre que seus pés não estejam descalços no chão. Utilize um tapete ou almofada para isolar você energeticamente do solo. O vídeo não aborda isto, mas é importante. Da mesma maneira se você se encostar a uma parede, utilize uma manta para o mesmo fim de isolamento.

Apresento a seguir os tutoriais que explicam as inúmeras maneiras de sentar-se. Estude-as com atenção.

Tutorial 1

Tutorial 2

Meditar sentado numa cadeira

 

2- Como iniciar uma meditação.

A- Depois de encontrar a sua maneira de sentar-se, o primeiro passo é relaxar a musculatura corporal.

B- Inicie por respirando normalmente e, em seguida, vá observando, sem controlar e interferir no andamento de sua respiração. Somente observe o ar que sai e entra. E neste meio tempo, vá se acalmando fisicamente e mentalmente. Relaxe simplesmente.

C-Quando sentir que seu coração está batendo de forma pausada e você está se sentindo tranquilo, continue observando a respiração até que seus olhos começarem a se fecharem naturalmente ou estar em posição semicerrada. Isto é pessoal.

D-Neste momento fixe seu olhar interior (não com os olhos físicos) entre as sobrancelhas. Se o fizer com os olhos materiais, isto provocará contração na testa. Mire este local com os olhos interiores, a fim de não criar tensão física. O terceiro olho está localizado entre as sobrancelhas, um pouco mais acima no meio da testa. Este é um importante ponto ou chacra espiritual que, quando desenvolvido, abre inúmeras possibilidades.

E-Sempre cuide para que o relaxamento mental e físico seja cada vez mais profundo, à medida que for meditando. Se sentir tensão em alguma parte, retorne ao relaxamento. Com o corpo relaxado, inicie por treinar-se em descobrir o caminho de se interiorizar-se, voltar-se para dentro de seu Ser Superior e, abandonando a sensação e atenção física. Concentre-se em sua interiorização espiritual e vá esquecendo a consciência física. Neste estágio existe somente o espiritual. O existir…

3- O que ter em mente. Qual é o foco?

Aqui também existem inúmeras escolas, todas como uma metodologia própria.

Você poderá se decidir em imaginar um lugar paradisíaco, lindo e maravilhoso de se estar. Poderá imaginar um bonito mar, uma floresta com pássaros gorjeando e o borbulhar de um pequeno córrego preguiçoso… Talvez deseje se fixar a ideia e sensação de uma luz branca ou violeta que lhe inunda o Ser e a percepção. Entoar o som OM, visualizar Deus como um triângulo… Ou ainda, ouvir uma música que lhe enleve e transmita sublimação. Talvez se decida concentrar-se em escutar as ondas especiais que ativem a glândula pineal etc.

Tudo isto são meios válidos, mas com o tempo, se o desejo não for simplesmente meditar para relaxar e acalmar o estresse diário haverá, consequentemente, o desejo intenso de se ir além destes recursos primários.

Quando se conseguir, com algum sucesso se voltar para dentro de si, é o momento de ampliar o razão primordial da meditação: Encontrar-se e comungar com Deus.

Mas como?

A-Aprendemos ou ouvimos falar da oração. Falamos com Deus, contamos coisas para Ele ou pedimos favores ou súplicas. Agimos como fazemos com um bom e confiável amigo que esperamos que nos escute com carinho e nos ajude de alguma forma.

Com Deus, temos a possibilidade em dar um passo além da oração convencional. Claro que o modelo convencional também funciona e é completamente válido e aceitável. Porém, poderá ser aperfeiçoado, se tivermos a maturidade e sensibilidade para tanto.

B-Quando nosso estado de interiorização estiver de alguma forma sob nosso controle, iremos então contatar com o Altíssimo. Você poderá querer vê-lo como Mãe Divina, Pai Poderoso, Amigo incondicional, Deus ou ainda, numa Energia abstrata que a tudo envolve e transpassa todas as dimensões.

Envolva-se espiritualmente com esta sensação de Mãe, Amigo ou Altíssimo, o que for mais próximo de suas necessidades e apelos.

C-Nesta sensação descrita acima inicie com sentimentos de Gratidão. Existem inúmeras coisas e motivos pelos quais você pode agradecer a Deus ou ao Amigo. Reconhecer as coisas boas que acontecem com você. Concentre-se somente no espírito de Gratidão, quer seja agradecer ou reconhecer. Você começará a sentir impulsos de alegria e uma estranha e desconhecida felicidade. Não verbalize a Gratidão, somente sinta Gratidão.

D-Depois  do ato da Gratidão crie uma expansão de sentimentos de Amor para com todas as pessoas, quer goste delas ou não. Não se atenha em questões de que não gosta do Pedro porque ele é um idiota ou porque a Maria não foi bacana com você. Distribua sentimentos de amor para o Pedro e para a Maria. Inclusive para todos os que vivem na cegueira espiritual e acham que poderão salvar o mundo do mal cometendo atos de terrorismo. Simplesmente exercite-se no Amor. A todos! Se formos capazes de fazer isto de maneira espontânea, seremos inundados de uma alegria indescritível.

Não há meios de conhecer Deus sem passar antes pelo Amor incondicional a todas as criaturas e pessoas. Nesta etapa da meditação, você sentira um sentimento de recompensa de leveza e beleza espiritual, também desconhecido por nós.

E-Depois do exercício da Gratidão e do Amor, é hora de se harmonizar com o Altíssimo ou o Pai Todo Poderoso, como achar melhor. A etapa anterior é uma preparação para se sintonizar com a amorosa Mãe Divina. Seria quase como discar o número do telefone de Deus. A forma mais eficiente de se comunicar espiritualmente é através da Alma e não por intermédio da nossa consciência, que está impregnada pelas infinitas impressões e experiências que angariamos em nossa vida. Isto tudo só atrapalha.

O que isto significa?

F-Significa que se oramos por meio de palavras ou pelo uso de pensamentos, pensar sobre uma situação, estamos usando a nossa consciência, nosso Ego. Estou agindo como a Joana, Estela, Rodrigo ou Fernando. Nossa Alma existe além da pessoa que sou hoje.

Substituir nossa comunicação verbal e pensada por sentimentos, emoções e, consequentes sensações que este ato desencadeia. Trabalhar nossa telepatia para nos comunicarmos com Deus, o resultado será bem maior. Nosso treino será ampliado. Temos que abandonar a consciência para substituir por uma comunicação de Alma ou espiritual. Não significa orar ou comunicar em pensamentos, mas sim com sensações sobre um tema enfatizado, emoções e sentimentos. Estes são os atributos da Alma.

Por exemplo:

O Ego ora: ”Senhor Deus, me ajude a sentir a Tua presença”. Isto pode ser verbalizado, murmurado ou expressado por palavras ou em palavras pensadas.

A Alma medita sobre “sentir a presença Divina”. Ela sente ou imagina sendo envolvido pela presença Divina. A Alma coloca emoções neste estado de sentir a Sagrada Presença e sente as sensações que este envolvimento produz. A Alma não racionaliza nem raciocina, não pesa nem calcula. Ela somente anseia, sente e se emociona. Isto é energia pura.

Sinta desejando e expressando a Deus a sua sincera vontade de se envolver com o Divino, de estar com Ele o tempo todo, de manhã até a noite e em tudo que estiver fazendo. Expresse o seu profundo Amor a Deus por meio de emoções e sentimentos. Não por palavras mastigadas, pensadas ou pronunciadas.  Deus não precisa de nosso vocabulário. Aprenda a utilizar a comunicação espiritual. Ela é eficiente e linda.

Você mesmo sentirá que a comunicação da Ama produz melhores resultados que o nossa comunicação física e mecânica para com o Altíssimo.

Claro que Ele também nos ouve por meio de palavras, mas a comunicação espiritual pode ser ampliada.

4-Expectativas e resultados da meditação.

Não espere coisas mirabolantes, aparições ou sinais reveladores. Este não é o objetivo da meditação. Meditação não é circo ou espetáculo. Medite para ultrapassar o estado de simplesmente se sentir bem e relaxado. Medite para se aproximar e se encontrar com Deus. Claro que Ele poderá lhe abençoar com mensagens ou visões espirituais. Mas cuidado com uma fantasia superaquecida.

Medite todos os dias, se for possível.  Medite e trabalhe para se aperfeiçoar em se aprofundar na meditação e “ser Um com Deus”. União e fusão. Com o tempo, com a experiência e prática, a União absoluta ocorrerá, o que nos levará a libertação de todas as coisas que nos aprisionam. Isto é uma conquista. Deus deseja e nos estimula a encontrar por nós mesmos o nosso Caminho pessoal que leva a Ele. Deus não fará isto por nós, simplesmente porque não aprenderemos como fazer. Não espere paternalismos, pois o Altíssimo quer que você, seu filho amado, seja forte e estável. Deseje ser forte e estável e medite. Medite sempre.

Não fique questionando e preocupado por não ver ou sentir resultados em sua meditação ou no seu dia a dia. A meditação relaxada, descontraída, sem cobranças é o caminho certo para as transformações que virão. A prática faz o mestre. Não se sabote pensando que você está se esforçando, dando tudo que pode, mas nada acontece. Com este tipo de pensamento, nada irá acontecer, uma vez que se encontra demasiado contraído, nervoso e ansioso. Talvez até irritado e revoltado. A ansiedade só prejudica na senda da autorrealização espiritual.

Seja fiel em sua meditação, seja tranquilo e sem cobranças. Nem para com você mesmo, nem para com Deus, a fim de não criar bloqueios desnecessários.

Os resultados virão com o tempo, com a prática, com a sinceridade no buscar e no Amor a Deus. Vibre Amor ao seu Criador e você receberá o júbilo e a satisfação Divina como retorno.

 

Mas como sei se estou evoluindo?

Quando você estiver vendo que em sua vida estão ocorrendo mudanças, tais como:

-Maior necessidade de ordem em sua vida e em suas coisas,

-Maior senso de responsabilidade,

-Mais calma interior,

-Maior disciplina,

-Desejo de meditar com maior frequência e regularidade,

-Aumento da concentração e profundidade na meditação.

-Desejo intenso em se aprimorar.

Estes são fatores básicos que necessitam ocorrer antes que características mais refinadas possam surgir,  como:

-Colocando a evolução espiritual e a busca do contato com Deus como uma prioridade em seu interior,

-Aumento da intuição. Sente que existe um canal que está se abrindo que lhe indica e esclarece dúvidas espirituais,

-Sente que está recebendo auxilio espiritual,

-Sente que está sendo protegido,

-Podem ocorrer manifestações espirituais durante a meditação ou não, como uma visão, uma mensagem, uma orientação. Um sentimento de benção especial ou uma forte Presença superior,

-Sentimento de união com Deus e, consequente, felicidade e êxtase interior, que lhe motiva cada vez mais em querer se aproximar e cimentar a sua união com o Divino Perpetuo.

 

E tem algo importante: Se você tiver um sincero desejo e vontade absoluta de se dedicar a Deus, anseio de estar com Ele e buscá-lo em sua vida. Que a sua consciência esteja totalmente voltada a Ele, então a sua meditação tomará outra direção. Você, ao meditar se colocará em um estado de sintonia com o Superior. Seu pensamento, seu foco é encontrar Deus e trabalha para se afundar ou mergulhar no oceano divino. Abandonando a superfície.

Enquanto estivermos na superfície, não podemos nos aprofundar em Deus. Estamos desconcentrados, pensamos em nossas atividades e problemas, mas nos dizemos que “queremos encontrar Deus”. Isto é só superficial e também as nossas orações, sem sentimento, sem emoções e Profundidade.

Temos que aprender como nos interiorizarmos, mergulhar bem fundo e esquecendo-se, na meditação, de todo o exterior e tudo que nos rodeia. O foco é só um: Deus.

Entretanto, encontrá-lo à força e com ansiedade, fecharemos a porta. Encontrá-lo e sintonizar-se com tranquilidade e confiança funcionará. Você saberá exatamente onde e como encontrar o canal/sintonia correta a fim de senti-lo. Você descobrirá o caminho, desde que seus sentimentos e aspirações estejam harmonizadas.

 

4 DICAS PARA MEDITAR

Jogue fora todo o rancor de sua vida e abra o seu coração. Sentimentos negativos impedem o Amor. Sem Amor não há como conhecer o Absoluto. O Amor desbloqueia.

Examine-se todos os dias, corrija o curso de sua vida, transforme sua maneira de pensar e agir. Alimente-se corretamente, pratique alguma atividade física e livre-se dos venenos que maltratam o templo que o seu corpo é. Aperfeiçoe-se.

Qualquer dúvida, não seja tímido em escrever-me.

Namaste.

 

E se você gostou de nosso site e de nossos artigos, ficaremos felizes com um comentário seu ou com um clique no like. Acrescente nosso BLOG em seus favoritos. Novos artigos postados periodicamente. Contato com S.Fair:  s.fair@livrosideiaslivres.com

 

4 DICAS PARA MEDITAR

ISTO PODERÁ LHE INTERESSAR:

-LINK INTERNO –6 DIFICULDADES COM A MEDITAÇÃO DO INICIANTE

-LINK EXTERNO –SRF USA 

SRF PORTUGAL  

SRF BRASIL 

SRF ALEMANHA  

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of